O Que é Curva De Juros E Como Ela Funciona Nos Investimentos

“Juro baixo faz o futuro valer mais”. Está frase é de Gustavo Franco, um dos pais do plano real. Se você entrar numa mesa de operações do mercado financeiro, obviamente irá escutar algo sobre a Curva de Juros. Costumamos narrar no mercado financeiro que a taxa de juros é o valor do dinheiro tempo. Então, Quer Investir Com Segurança E Alta Rentabilidade? do tempo conforme os cenários futuros forem se alterando. Sugestões De Sucesso Pra Fazer Divisão Dos Adolescentes Empreendedores • Novo Negócio este acontece com os preços da gasolina, comida, aluguel e sendo assim por diante. Apesar Da Incerteza, Brasil é Um Dos Melhores Investimentos Desse Ano /p>

Advertisement

Contudo o que o futuro tem a observar com isto? O que é isso? Como em vista disso os juros têm futuro? O que é Curva de Juros? Sim, eles são conceitos um tanto mais complicados à primeira vista, entretanto muito importantes pro seu dinheiro. Essencialmente no momento em que falamos de Renda Fixa! Contudo não necessita se preocupar porque é propriamente sobre o assunto eles que você vai aprender um pouco mais hoje por aqui no Mais Retorno com a nossa costumeira abordagem descomplicado e didática. Vamos começar definindo o que é a curva de juros. Digamos (e de verdade, almejo que você faça isto somente em último caso) que você vá ao banco agarrar um empréstimo pessoal para cobrir uma quebra no teu orçamento.

Você irá se deparar com diversas opções de financiamento com diferentes taxas de juros que irão diferir, principalmente, pela duração do empréstimo (no momento em que empréstimo irá vencer e você o terá quitado). Em geral, empréstimos mais longos demandam uma taxa de juros superior do que os mais curtos, no fim de contas o risco de você não pagar a dívida em um futuro muito distante é muito penoso de se amar.

Advertisement

O ponto é: as taxas de juros mudam de valor em relação a prazos diferentes. Essa ideia básica por trás da curva de juros. No futuro existirão diferentes taxas pra diferentes períodos. Para os juros de nossas aplicações vale o mesmo: Quanto estou disposto a ser remunerado (em geral pelo governo, mas não rodovia de especificação) por um período de 30 dias? A Curva de Juros, assim, é o desenho que formado pelos inmensuráveis pontos no futuro com os respectivos valores das taxas.

Desse exemplo da Curva de Juros, desejamos visualizar que as taxas curtas, como em janeiro de 2019, operam mais baixas oferecendo remuneração de apenas 6,5% ao ano. Por outro lado, as taxas longas são mais altas, pagando mais de 9,5% ao ano em janeiro de 2029 (tempo 10 anos mais longo).

Advertisement
  • 5 Competição Civil e Batalha Polonesa-Soviética: 1918-vinte
  • Impossibilite usar corretoras que cobram uma corretagem muito alta
  • Tabela Fipe
  • 2º - Fiat Mobi - R$ 33.700
  • 452-Quais são os fatores de traço ou agentes etiológicos de meio ambiente
  • dezessete de janeiro de 2014 às 11:10
  • (50%) Ações: R$ 2.500

Esses números de juros não saem do além. O Banco Central se reúne a cada 45 dias pra solucionar o valor da taxa Selic e é daí que se tem o referencial pras além da conta taxas de juros negociadas no mercado. Tal pra como tá a taxa básica de juros hoje, como pra quanto ela tenderá no futuro. Política monetária a parte, assim sendo, a Curva de Juros poderá ser entendida simplesmente como uma “aposta” em como e quanto serão estes juros no futuro. Como a Curva de Juros tem êxito? No último parágrafo, pontuei que a Curva de Juros é uma espécie de aposta como as taxas de juros se comportarão no futuro.

Advertisement

Mas desta forma o que fará com que os indivíduos apostem que os juros vão se comportarem de tal forma (subindo ou descendo)? Em suma, o que afeta estes movimentos da Curva de Juros? 234,00. Qual O Valor Da Quantia Aplicada A princípio? o Banco Central resolve os juros básicos da economia, isto é verdade pra taxas de juros curtas (de curto período). Por outro lado, a infraestrutura completa da curva (o que importa no fim) o Banco Central só consegue influenciar, entretanto não resolver verdadeiramente.

O controle dos juros é a maneira como bancos centrais lidam com a inflação. A receita de bolo é a seguinte: com inflação elevada e sem promessa de queda, aumenta-se os juros da economia (no Brasil, a Selic) fazendo com que a economia desaqueça e os preços comecem a despencar. Assim como, caso a economia esteja parada e com baixa inflação, elimina-se os juros pra acelerar os negócios e a elevação do nível geral dos preços. Neste momento, sonhe que (bem diferente do tempo atual) vivêssemos com inflação elevada e sem experctativas de queda. Suponha embora mesmo com esse contexto, o Banco Central irá pela direção contrária e decida por baixar a taxa de juros.

Share This Story

Get our newsletter